A decisão foi tomada devido aumento das despesas associadas à iluminação pública, consequência da escalada do preço da energia elétrica que foi refletida na fatura da autarquia, que mais que triplicou nos últimos meses, referiu o autarca, Rui Ventura. O Presidente da câmara, não descarta outras medidas adicionais, como a de desligar a iluminação pública no concelho a partir de determinada hora. Rui Ventura refere que estas são medidas são responsáveis e lamenta que o Governo não assuma também a sua quota-parte de responsabilidade nesta matéria. O autarca lembra que a fatura da eletricidade é taxada a 23% de IVA, valor que sai dos cofres das autarquias para o Estado Central.

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close