O objetivo da autárquica é alavancar projetos de particulares que pretendam recuperar edificações, não só no centro histórico da Guarda, mas também noutros pontos da cidade, como na Póvoa do Mileu, Sequeira, Alfarazes ou Galegos ou ainda em localidades do concelho, referiu o presidente da câmara da Guarda, Sérgio Costa. Este apoio serve de certa forma para incentivar os particulares a recuperarem edifícios antigos em zonas históricas do concelho. Os apoios destinam-se à recuperação de fachadas e coberturas, sublinhou o autarca.

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close