Misericórdia de Manteigas assinalou os 400 anos de existência, com a presença do Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social

A Santa Casa da Misericórdia de Manteigas assinalou os 400 anos com a presença do Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social. Vieira da Silva deslocou-se ao coração da Serra da Estrela para assinalar os 4 séculos de existência da Misericórdia de Manteigas, durante a sessão solene o Provedor da Santa Casa, Joaquim Domingos, recordou as obras desta instituição e lembrou a importância dos apoios estatais para o normal funcionamento da Misericórdia.

Joaquim Domingos lembrou ainda as dificuldades económicas da Santa Casa, nomeadamente as receitas provenientes dos utentes, que por vezes tardam a ser cobradas, por causa do contexto geográfico. O provedor aproveitou a presença do Ministro Vieira da Silva para pedir apoios na requalificação de infraestruturas. Um investimento total que ronda os 2 milhões de euros.

Na resposta Vieira da Silva, disse que o seu ministério vai apoiar dentro das possibilidades do seu orçamento. O ministro do Trabalho e da Solidariedade Social lembrou ainda os acordos de cooperação que existem com as instituições de solidariedade social, Vieira da Silva frisou que as misericórdias representam 40% desses apoios, à 3ª idade. Vieira da Silva falou ainda dos desafios para todos os agentes que intervém nesta área da ação social.

Quem também marcou presença foi o presidente da Câmara de Manteigas, Esmeraldo Carvalhinho lembrou ao Ministro a importância da cantina social, atendo às alterações que se avizinham a esta valência apoiada pelo estado.