Ministro do Ensino Superior, Manuel Heitor deverá vir à Guarda no dia 25 de Janeiro

O Ministro do Ensino Superior, Manuel Heitor já reuniu com os Institutos Politécnicos do país, e transmitiu que o novo governo vai manter o corte no orçamento para 2016. O Presidente do IPG, saiu desiludido do encontro, e deixa algumas criticas ao novo ministro da tutela. Nas declarações que prestou à Rádio F, Constantino Rei não escondeu a revolta, uma vez que no caso do Politécnico da Guarda a quebra no orçamento, ultrapassa os 500 mil euros. Constantino Rei lembra que o IPG teve dificuldades em pagar os salários de dezembro aos professores e funcionários. A tábua de salvação foi o reforço financeiro, que houve ainda por parte do anterior governo depois de vários alertas. O presidente do IPG, diz que não acredita nas intenções do Ministro do Ensino Superior e considera que vai ser um ano muito complicado, por falta de verbas.

Durante o encontro os presidentes dos Institutos Politécnicos ficaram a saber que este governo não vai injectar mais dinheiro no ensino superior. No caso do IPG, há uma quebra de mais de 500 mil euros, no orçamento. O Ministro do Ensino Superior deverá vir à Guarda no dia 25 deste mês para uma reunião de trabalho no IPG.

DSC06987