Laboratório da ULS da Guarda é um dos três a nível nacional a fazer a deteção da bactéria da Legionela

O Laboratório de Saúde pública da ULS da Guarda e um dos três a nível nacional que está habilitado para o diagnóstico e a deteção da bactéria da Legionela. Para além do laboratório da Guarda, só em Braga e no Instituto Ricardo Jorge em Lisboa, se pode detetar e analisar esta bactéria, como referiu à Rádio F, Fátima Cabral diretora Clínica para os cuidados de saúde hospitalares da ULS da Guarda. A diretora Clínica refere que estas análises no Laboratório da ULS da Guarda podem ser solicitadas por entidades públicas ou privadas

Fátima Cabral acrescenta ainda que o Laboratório da Guarda trabalha na investigação em parceria com as instituições do ensino Superior público da Beira Interior.

Foto: ULSG