A Junta de Freguesia da Guarda retomou o projeto das hortas comunitárias

O objetivo passa por aproveitar as terras com aptidões agrícolas e, ao mesmo tempo, intervir na área social. Este projeto já vem desde o tempo da Freguesia de S. Miguel, teve uma continuidade no anterior mandato e está a ter seguimento, como explicou o presidente da Junta da Guarda. João Prata explica que os talhões foram doados a várias pessoas que têm a obrigação de ali cultivarem os seus próprios produtos e de os levarem para casa. Contudo, estarão à venda na Feira Farta, que se realiza este mês.

O presidente da Junta destaca também o convívio inter-geracional, uma vez que há pessoas de várias idades a cultivarem nas hortas comunitárias. A Horta comunitária fica localizada perto do TMG o que faz com que haja mais adesão das pessoas a este projeto.

Foto: Freguesia da Guarda