Inovação cirúrgica patenteada por médico da ULS da Guarda

O diretor do Serviço de Cirurgia da ULS da Guarda, Augusto Lourenço, em parceria com um médico do Centro Hospitalar de S. João, criou a Onstep/Onflex, uma técnica e uma prótese usadas em todo o mundo por centenas de cirurgiões. A técnica patenteada pelos dois cirurgiões para a cirurgia da hérnia inguinal, consiste basicamente na aplicação da prótese por trás do tecido que rompeu, o que é mais simples do que a solução convencional e não implica a fixação com pontos.

As principais vantagens desta nova técnica, que tem levado os dois cirurgiões a dar formação pelo mundo inteiro, tem enormes vantagens para o doente. A cirurgia demora entre 12 a 15 minutos o que implica uma dose menor de anestesia geral e, ao fim de duas horas, os doentes vão para casa pelo próprio pé, como revelou a directora clínica para os cuidados de saúde hospitalares da ULS da Guarda, Fátima Cabral. A médica adiantou ainda que qualquer cirurgia que tenha menos tempo e que se possa recuperar em casa traz sempre vantagens para os doentes.