“A Guarda já começa a ter o trânsito das grandes cidades”, foi a justificação da organização da prova de ciclismo, para as filas de trânsito que se registaram na sexta-feira na Guarda

Continua a dar que falar o estado em que ficou o trânsito na Guarda na passada sexta-feira. Devido à realização da 1ª etapa do Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela, os acessos ao centro da cidade estiveram encerrados, as filas na VICEG foram de quilómetros e as críticas, algumas dirigidas à Câmara, foram mais que muitas, nomeadamente nas redes sociais.

Já depois do trânsito estar normalizado, o vereador Sérgio Costa rejeitou qualquer tipo de responsabilidade e acrescentou que o Município vai pedir responsabilidades à organização.

Confrontado com esta tomada de posição da Câmara da Guarda, o presidente da Associação de Municípios da Cova Beira, José Manuel Biscaia ironizou e disse que a Guarda já começa a ter o trânsito das grandes cidades.

O presidente da Associação de Municípios da Cova da Beira a reagiu ao facto da Câmara da Guarda ir protestar o que considerou ser um excesso de zelo no trânsito na cidade na passada sexta feira, devido à passagem da 1ª etapa do Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela. O trânsito esteve cortado durante quase uma hora nalguns locais e as filas na VICEG quase se perdiam de vista, nomeadamente a partir do G e até ao cruzamento para as piscinas Municipais.