O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, referiu na Guarda, que as obras de modernização do troço Guarda-Covilhã da linha da Beira Baixa, são importantes para a competitividade da região e do país.

Segundo o ministro, a intervenção, que vai ter um custo global que ronda os 90 milhões de euros, e é importante para a redução de custos de transporte ferroviário de mercadorias. O investimento é feito no âmbito do plano Ferrovia 2020 e, segundo o ministro, o restabelecimento da ligação Guarda-Covilhã é a maior obra de ferrovia que a Infraestruturas de Portugal lança em quase uma década em Portugal”. Pedro Marques destacou, a importância desta obra no país.

O Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, garantiu que a obra de modernização da linha da Beira Baixa, que liga a Guarda à Covilhã ira para o terreno no próximo ano.

O presidente da Câmara da Guarda, não escondeu a satisfação pelo facto de este governo ter acelerado o inicio da obra. Álvaro Amaro reforçou ainda, que a concordância entre as duas linhas, impõe a afirmação do terminal ferroviário da Guarda.

railroad-1587732_1920

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close