A GNR deteve dois homens no Sabugal pelo crime de caça ilegal

O Comando Territorial da GNR da Guarda, através do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial da Guarda, deteve dois homens, com 20 e os 59 anos, pela prática do crime de caça por meios não permitidos, no concelho do Sabugal.

A detenção ocorreu no decurso de uma ação de fiscalização ao ato venatório, em que os militares surpreenderam os suspeitos, enquanto estavam a caçar, a utilizar um telemóvel para emitir sons e fazer de “chamariz”, o que conduziu à  detenção dos mesmos.

Em consequência da detenção foi apreendida uma arma de caça, o livrete de manifesto de arma, 101 cartuchos, documentação referente à arma e ao caçador, um telemóvel e 14 tordos.

Os tordos foram entregues a uma instituição de solidariedade social e os detidos foram constituídos arguidos e sujeitos à  medida de coação de termo de identidade e residência.