Feira das Tradições e Atividades Económicas de Pinhel conta com mais de 200 expositores e uma área coberta de 10 mil metros quadrados

Já são conhecidos os pormenores da 23ª edição da Feira das Tradições e Atividades Económicas de Pinhel, a apresentação decorreu esta semana na localidade de Cidadelhe.

O certame, considerado por muitos, o maior evento do género na região, decorre do centro de exposições de Pinhel nos dias 9, 10 e 11 de Fevereiro. Durante a sessão de divulgação da Feira, que decorreu a norte do concelho de Pinhel, o presidente do Município, justificou que esta apresentação decorreu em Cidadelhe para potenciar o território, um dos propósitos deste certame, Rui Ventura referiu que o objetivo foi também mostrar que a porta sul do parque arqueológico do vale do coa está localizada nesta região.

Propriamente dito, no que diz respeito ao certame, a Feira conta com um espaço coberto de 10 mil metros quadrados, com expositores do concelho e da região, gastronomia e mostra de produtos endógenos do concelho, também vão marcar presença. A procura começa a ser elevada por parte dos expositores, Rui Ventura revelou que tem como objetivo ampliar o espaço da Feira em futuras edições.

Do programa faz parte o já tradicional desfile de Carnaval da comunidade escolar, segundo o presidente da Camara de Pinhel este evento é diferenciador, as crianças do concelho vão desfilar caracterizadas com a temática da Feira deste ano, que é dedicada à música e aos instrumentos.

A componente musical é variada e destina-se a vários públicos, com os Resistência, HMB, Matias Dâmaso e coletividades do concelho, acrescentou Rui Ventura.

O número de expositores tem aumentado significativamente, este ano são mais de 200, Rui Ventura salientou ainda que este evento é de grande relevância para a economia do concelho de Pinhel. O orçamento para este evento ronda os 400 mil euros, repartidos pelo Municipio e pelos patrocinadores do certame.