Ex-presidente da Federação do PS, Armando Reis, refere que “Alexandre Lote foi derrotado em pé e Pedro Fonseca ganhou ajoelhado”

A eleição do Pedro Fonseca como presidente da Federação do PS da Guarda foi um dos temas abordados no Radiograma desta terça feira. O comentador da Rádio F, Armando Reis começa por falar em irrelevância política, porque, em Lisboa, Pedro Fonseca só é conhecido por ter sido responsável do Partido dos Animais e Natureza no distrito da Guarda.

O ex-presidente da Federação do PS Guarda, diz que Pedro Fonseca não tem ligações políticas ou influências dentro da estrutura nacional do PS. O comentador da F, diz que a Guarda fica a perder com a eleição de Pedro Fonseca e que o ex-presidente da Federação, José Albano Marques é que vai comandar os destinos do partido. O comentador entende ainda, que o líder eleito vai ter dificuldades para ser atendido pelos responsáveis em Lisboa.

Armando Reis finaliza a dizer que Alexandre Lote foi “derrotado em pé e Pedro Fonseca ganhou ajoelhado”. O comentador da F, aconselha ainda aos novos militantes a conhecerem os princípios e ideais do partido socialista.