Ex-Centro Educativo do Mondego foi inaugurado como extensão do Estabelecimento Prisional da Guarda

A secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Ribeiro Mesquita e o diretor geral de Reinserção e Serviços prisionais, Celso Manata, inauguraram ontem a extensão do Mondego do Estabelecimento Prisional da Guarda, que fica no antigo edifício do Centro Educativo, na freguesia de Cavadoude. O equipamento tem uma lotação para 82 reclusos, sendo 21 do sexo masculino e 61 mulheres. A prisão está agora equipada com salas de convívio, refeitórios, espaços escolares de formação, ginásio, capela, cozinhas e novos quartos. A secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Ribeiro Mesquita, referiu que o Governo tomou a melhor decisão em instalar um estabelecimento para reclusas na Guarda e reabilitar o antigo centro.

Já o diretor geral de Reinserção e Serviços prisionais, Celso Manata, explica que o estabelecimento prisional só deverá ficar com lotação máxima em meados do próximo ano. O equipamento tem uma lotação para 82 reclusos, sendo 21 do sexo masculino e 61 mulheres. Celso Manata refere que o estabelecimento prisional será mais vocacionado para as mulheres. A formação dos reclusos também vai ser uma realidade no novo estabelecimento prisional. Celso Manata acrescentou ainda que todos os postos de trabalho do antigo Centro Educativo estão salvaguardados.

Quem também esteve presente na inauguração foi o presidente da Câmara da Guarda. Álvaro Amaro recordou que sempre acreditou que o novo estabelecimento prisional seria uma mais-valia para o concelho.