Estudantes de Desporto do IPG elaboram estudo sobre a influência do mês de nascimento dos jogadores, nas convocatórias para as seleções nacionais

A escolha de futebolistas para as seleções jovens portuguesas encontra-se fortemente influenciada pelo mês do seu nascimento, de acordo com um estudo efetuado por estudantes da licenciatura em Desporto do Instituto Politécnico da Guarda (IPG)

Os resultados deste trabalho académico indicam uma forte tendência para os futebolistas nascidos no primeiro semestre do ano dominarem as convocatórias para as seleções jovens, especialmente entre os 15 e 19 anos. Questionado se isto significa que os atletas nascidos no primeiro semestre são especialmente talentosos, Pedro Esteves, docente do IPG e coordenador deste projeto de investigação, explica os objetivos deste estudo. Pedro Esteves durante o programa da Rádio F, Bilateral, acrescentou que a explicação para uma maior representatividade dos atletas nascidos nos primeiros meses do ano prende-se com a vantagem temporal associada a um maior desenvolvimento.  O docente do IPG diz que este estudo trouxe vantagens para os alunos e que pode ser útil à comunidade, principalmente para os clubes.

O estudo vai ser apresentado este fim de semana no congresso internacional CIDESD2019 que decorre na Maia. (ouvir aqui)

Foto: DR