Considerado o epicentro do setor primário nos territórios de Castilha e Leon, a feira conta com mais de 460 expositores e abriu portas na passada sexta feira e prolonga-se até ao próximo dia 6. Jesús Ortiz, responsável da Salamaq, fala de um regresso em força deste certame e as expetativas são elevadas depois de dois anos de pandemia.

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close