O dirigente nacional do PS Eduardo Cabrita, esteve na Guarda num debate sobre descentralização promovido pela candidatura de Eduardo Brito

O encontro decorreu na passada sexta-feira à noite, no auditório do centro social e cultural de São Miguel. As conversas andaram muito à volta das dificuldades de investimento, e fixação de pessoas e empresas no interior. O dirigente socialista que também ocupa o lugar de Ministro Adjunto, referiu que veio à Guarda enquanto militante do PS, falar sobre o potencial desta região.

Muito se falou da Unidade de Missão para Valorização do Interior, que contempla 164 medidas para o desenvolvimento destes territórios. Eduardo Cabrita durante a sua intervenção, referiu que deverá ser feita uma avaliação no próximo mês sobre esta Unidade de Missão, conforme estava previsto no programa de Governo. Questionado sobre medidas de discriminação positiva, o dirigente nacional do PS, diz que esteve governo já o fez, dando e exemplo da redução nas portagens e a criação do gasóleo profissional. Quanto ao encerramento da Agência da Caixa Geral de Depósitos de Almeida, Eduardo Cabrita, refere que este governo PS, está a reabrir serviços no interior, justificando, que essa é que é, a dinâmica do setor público.

Eduardo Brito, candidato do PS à Câmara da Guarda referiu que no próximo dia 2 de Junho, irá a presentar publicamente a sua candidatura. Nessa data, segundo o candidato, serão conhecidos alguns dos nomes, que vão integrar as listas do PS. O candidato do PS à Câmara da Guarda, aproveitou esta ação para reafirmar que vai estar na Guarda durante os próximos 4 anos, e desafiou os restantes candidatos, a assumirem qual o compromisso que querem com os eleitores. O socialista, Eduardo Brito falou sobre o recente anúncio do investimento por parte das Águas de Lisboa e Vale do Tejo e do Municipio da Guarda. Eduardo Brito salienta que uma parte substancial do investimento, é do Governo do Partido Socialista. Quanto a portagens, Eduardo Brito é taxativo, abolição completa nas autoestradas do interior.

O candidato do PS, Eduardo Brito contou o apoio e a presença do dirigente Nacional do PS, Eduardo Cabrita. Descentralização e novas políticas autárquicas foi o mote do encontro de socialistas e simpatizantes, que decorreu na passada sexta-feira, na sala de Conferências do Centro Cultural e Social de S. Miguel.