Comunistas da Guarda mostram-se preocupados com os sucessivos atrasos dos comboios na Guarda

A concelhia do PCP da Guarda está descontente com os sucessivos atrasos dos transportes ferroviários na Guarda. Os comunistas justificam que os comboios partem e chegam sempre atrasados, o que causa transtornos na vida das populações.  Aires Diniz, da concelhia da Guarda, refere que o excesso de peso dos comboios provocou descarrilamentos e que os horários dos transportes estão adulterados. O dirigente comunista, diz que vai levar o assunto á Assembleia Municipal da Guarda. Aires Diniz espera que os horários dos comboios voltem a ser normalizados porque os utentes estão a ser penalizados.

A concelhia do PCP da Guarda está descontente com os sucessivos atrasos dos transportes ferroviários na Guarda. Os comunistas vão levar o assunto à Assembleia Municipal e à Assembleia da República.