Começam hoje as obras de modernização da Linha da Beira Baixa

Começam hoje as obras de modernização do troço ferroviário Covilhã-Guarda, da Linha da Beira Baixa. A cerimónia está marcada para as 16h50, na Estação da Covilhã, onde estará presente o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

A empreitada vem permitir a chamada Concordância das Beiras, entre a linha da Beira Baixa e a linha da Beira Alta e contempla a renovação integral de 36 quilómetros de via, a eletrificação total do troço, a reabilitação de seis pontes ferroviárias, a remodelação de estações e apeadeiros, em Maçainhas, Benespera e Barracão, entre outros trabalhos. Inclui ainda execução de uma nova ponte ferroviária sobre o rio Diz, com uma extensão de 237,8 metros e a instalação de sinalização eletrónica e telecomunicações.

As obras já tinham sido anunciados em Novembro do ano passado, como revelou na altura, o presidente da Infraestruturas de Portugal, António Laranjo.

A obra de modernização do troço ferroviário Covilhã – Guarda, da Linha da Beira Baixa, foi adjudicada por 52 milhões de euros e deverá estar concluída em 2019. O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques referiu na Guarda que a intervenção é uma obra importante para as Beiras como um todo, uma vez que potencia o desenvolvimento da sub-região de uma forma muito importante e irá permitir que se constitua também como uma zona de desenvolvimento logístico importante.