CCDR Centro deu parecer negativo ao projeto de ampliação das instalações da Coficab

O presidente da Câmara da Guarda diz que ficou perplexo com o facto da CCDRC (Comissão de Coordenação da Região Centro) ter dado um parecer negativo ao projeto de ampliação das instalações da Coficab na Guarda, que prevê um investimento de oito milhões de euros e a possibilidade de serem criados entre 30 a 40 postos de trabalho. Álvaro Amaro recordou que a Câmara e a Assembleia aprovaram o projeto para acelerarem o processo mas que é questionável que um departamento desconcentrado do Estado, que tem sede em Coimbra e uma delegação na Guarda, mande um ofício a uma empresa que quer investir, mas sem dar a conhecer os pareceres em que sustentou o parecer negativo. Álvaro Amaro disse que terá de ser apresentado um outro projeto à CCDR Centro mas reforça que não entende o parecer enviado à empresa. O presidente da Câmara da Guarda quer agora saber se a CCDR Centro, em Coimbra e se o Governo sabem, do que considera ser um bloqueio ao investimento.

O projeto de ampliação das instalações da Coficab na Guarda, que prevê um investimento de oito milhões de euros e a possibilidade de serem criados entre 30 a 40 postos de trabalho.