“Cartão Branco Fair-Play” vai ser mostrado esta temporada nos jogos das camadas jovens dos distritais da Guarda

O Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol da Guarda vai implementar a amostragem do cartão branco nos jogos de infantis e iniciados. O objectivo é promover e valorizar as atitudes de fair-play entre jogadores, treinadores, dirigentes ou adeptos. Os árbitros vão andar com o cartão no bolso mas pode haver jogos em que não haja necessidade de exibir a cartolina, como explicou Fábio Cardoso, vice presidente do Conselho de Arbitragem.

Uma das alterações para a próxima temporada está relacionada com o número de substituições nos jogos dos escalões de formação, vão ser cinco substituições permitidas nos jogos dos infantis aos juniores.