Carlos Peixoto é candidato a um terceiro mandato, à liderança da Distrital do PSD da Guarda.

A lista deverá ser apresentada publicamente, no dia 11 de Maio, no Paço da Cultura mas, em conferência de imprensa, o social-democrata já anunciou que o presidente da Câmara de Celorico da Beira, Carlos Ascensão é o mandatário distrital, o ex-presidente da Câmara de Trancoso, Júlio Sarmento é candidato à mesa da assembleia distrital, Denise Fragona, presidente da Assembleia Municipal de Celorico da Beira lidera a lista ao Conselho de Jurisdição e Peres Almeida é candidato à comissão de auditoria financeira.

Carlos Peixoto referiu que a lista que lidera congrega experiência e renovação. O candidato acrescentou que nos últimos anos o partido venceu em todas as eleições e acrescentou que a distrital da Guarda tem agora mais visibilidade a nível nacional.

Um dos objetivos é criar um livro designado por Guarda na Vanguarda do Futuro, onde estejam compilados os vários problemas do distrito em vários sectores.

Confrontado com o facto da também deputada Ângela Guerra avançar com uma candidatura, Carlos Peixoto diz que já ouviu falar do assunto, mas reforçou que encara uma lista adversária com naturalidade.