Câmara da Guarda pode vir a comprar o Hotel de Turismo

O presidente da Câmara da Guarda garantiu ontem que se não aparecerem interessados numa terceira hasta pública para a aquisição do hotel turismo, a Câmara vai comprar a unidade hoteleira. Álvaro Amaro falava durante o jantar comemorativo do 3º ano de mandato, que juntou cerca de 600 pessoas, entre as quais vários presidentes de juntas de freguesia eleitos pelo partido socialista e muitos independentes, que estariam à esperar do anúncio de uma possível recandidatura, que não surgiu.

No discurso com cerca de uma hora e um quarto, o autarca enviou várias farpas à oposição, recordou a providência cautelar para impedir o abate de árvores no parque municipal, mas encerrou o discurso para falar do Hotel Turismo. Antes, Álvaro Amaro falou do partido socialista da Guarda. O autarca chegou mesmo a dizer que gostava de ter mais oposição.

A providência cautelar interposta por um grupo de cidadãos, no tribunal administrativo e fiscal de Castelo Branco, para impedir o abate de árvores no parque municipal também foi lembrada pelo autarca, que ironizou para dizer que alguma oposição se esconde atrás dos arbustos.

Mas as cerca de 600 pessoas esperavam ouvir da boca do presidente se será ou não candidato à Câmara da Guarda daqui a um ano. Álvaro Amaro voltou a referir que só em Março é que o partido irá divulgar os nomes dos candidatos.

dsc07064