O brasão Episcopal de D. António Luciano contém elementos ligados à enfermagem e às origens do novo Bispo de Viseu

O brasão episcopal de D. António Luciano, o agora bispo de Viseu, foi desenhado tendo em conta as suas origens e a ligação que o ex-capelão do Hospital da Guarda, tem à enfermagem. Já se sabe que D. António Luciano foi ordenado Bispo na Sé Catedral da Guarda no passado domingo e assume funções como Bispo da diocese de Viseu a partir de amanhã. O brasão episcopal que D. António Luciano passa a usar, foi desenhado pelo Arquiteto da Guarda, António Saraiva, que em entrevista à Rádio F, referiu que foi com muito gosto e satisfação que aceitou este desafio.

O arquiteto da Guarda explica que o D. António Luciano já tinha uma ideia específica para o desenho do Brasão. António Saraiva diz em tempo recorde arquitetou o brasão, juntado elementos das origens do novo Bispo de Viseu e a ligação à enfermagem do ex-capelão do hospital da Guarda. Quanto aos elementos do Brasão, entre outros, contém a Serra da Estrela, que representa a terra natal de D. António Luciano, e candeia, que é o símbolo dos enfermeiros. António Saraiva refere também, que desenhou o Selo episcopal que D. António Luciano vai usar enquanto Bispo de Viseu

O brasão episcopal de D. António Luciano, o agora bispo de Viseu, foi desenhado tendo em conta as suas origens e a ligação que o ex-capelão do Hospital da Guarda, tem à enfermagem. A execução ficou a cargo do Arquiteto da Guarda, António Saraiva.