Autarquia da Guarda disponível para suportar algum investimento na requalificação do terminal ferroviário de mercadorias

O presidente da Câmara da Guarda anunciou na reunião do executivo que o Município está disponível para suportar algum investimento para a requalificação do terminal ferroviário de mercadorias.

O  único concorrente admitido à consulta para a exploração acabou excluído pela Infraestuturas de Portugal devido a questões processuais.

Agora terá de ser aberto um novo concurso. Álvaro Amaro diz que a obra é estrategicamente importante.