As temperaturas altas podem ter graves efeitos na saúde da população, principalmente nas crianças e idosos

A Autoridade de Saúde no distrito da Guarda, alerta para os perigos por causa das elevadas temperaturas previstas para os próximo dias. Já se sabe, que pelo menos os termómetros na região podem ultrapassar os 40 graus, o que levou a direção geral de saúde a emitir alguns conselhos para fazer face às elevadas temperaturas. Ana Isabel Viseu, delegada de saúde coordenadora da ULS da Guarda, explicou à Rádio F, as consequências que o calor, pode trazer na saúde das pessoas. A médica Ana Isabel Viseu refere que as temperaturas mais altas podem levar a um aumento do índice de mortalidade.

A delegada de saúde coordenadora da ULS da Guarda, deixou alguns conselhos para fazer face às altas temperaturas. A hidratação, evitar exposição solar nas horas de maior calor, usar protetor solar e roupas claras, evitar bebidas alcoólicas e açucaradas são alguns dos truques para manter a temperatura corporal em valores normais, principalmente com os chamados grupos de risco.

Em casa e a utilização do automóvel, também há alguns cuidados a ter em conta, explicou Ana Isabel Viseu.