Durante este ano de 2019, mais 14 localidades do concelho da Guarda vão ter rede de saneamento básico

Em 2013 eram 90, as freguesias que não tinham esta infraestrutura básica no concelho da Guarda e até ao final do ano passado a autarquia conclui obras em 6 aglomerados populacionais. Este ano a meta está fixada em levar a rede de saneamento a mais 14 localidades do concelho como deu conta à Rádio F, Sérgio Costa Vereador na Câmara da Guarda.

Estas obras têm um custo total de 3 milhões de euros, cofinanciados pela União Europeia e contemplam nesta fase intervenções em 11 freguesias do concelho da Guarda. O vereador da Câmara da Guarda refere que as intervenções decorrem essencialmente nas zonas rurais do concelho, mas também há locais bem perto da malha urbana que estão a ser intervencionados, são os casos da Quinta da Pocariça e o Outeiro de São Miguel. Sérgio Costa diz que valorizar os espaços rurais, dotando-os de infraestruturas básicas é um desígnio para este executivo municipal, o vereador diz que só assim é possível combater a desertificação das aldeias do concelho.

Ainda no âmbito das intervenções da rede de saneamento no concelho, Sérgio Costa diz que já estão a ser dados passos importantes para a despoluição do Rio Noéme com a requalificação da ETAR do Torrão. (ouvir aqui)

Foto: Municipio da Guarda