Álvaro Amaro quer alteração estatutária, para assegurar a Guarda como sede da CIM Beiras e Serra da Estrela

O presidente da Câmara da Guarda pretende promover uma alteração estatutária da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela para que a sede da CIM se mantenha na cidade, independentemente de haver rotatividade nas presidências.

Recordo que a nova sede, que fica na praça velha, nos antigos edifícios dos paços do concelho, foi inaugurada este mês e a casa devoluta que está ao lado, pode ser recuperada para albergar outros serviços relacionados com a Comunidade Intermunicipal.

Álvaro Amaro diz que não faz sentido que a sede da CIM deixe de ser na Guarda e por essa razão, vai pedir uma alteração aos estatutos e não acredita que possam surgir entraves.

A questão foi levantada pelo vereador do PS, Pedro Fonseca. O socialista também concorda com esta decisão, até para dar mais estabilidade à Comunidade Intermunicipal e para afirmar a Guarda no contexto regional.