Alexandre Lote e Pedro Fonseca vão disputar na 2ª volta a presidência da Federação do PS – Guarda

Alexandre Lote e Pedro Fonseca vão disputar a 2ª volta das eleições internas para a Federação do Partido Socialista da Guarda. As eleições decorrem na sexta-feira e Alexandre Lote obteve 499 votos, Pedro Fonseca ficou em segundo com 448 votos e Jose Luis Cabral, que fica arredado da corrida, conseguiu 368 votos. Votos nulos foram 10 e brancos 9. No final da noite, dos três candidatos só José Luis Cabral não compareceu na Sede do PS do distrito da Guarda, Alexandre Lote o candidato que obteve mais votos nesta 1ª volta referiu que esta votação mostra que o PS está vivo no distrito, o candidato está convicto que vai ganhar a eleição na segunda volta, que está marcada para o dia 22 deste mês. Para Alexandre Lote a candidatura que encabeça é a que tem os melhores projetos para o PS do distrito, o candidato acrescenta que este é um argumento de peso para convencer os militantes na segunda volta, incluindo o candidato afastado da corrida José Luís Cabral. Nas declarações aos jornalistas, Pedro Fonseca candidato que ficou em segundo lugar nesta primeira volta e que vai defrontar Alexandre Lote no dia 22 de março, fez uma espécie de “piscar de olhos” a José Luís Cabral e aos seus apoiantes.Quanto aos resultados, Pedro Fonseca referiu que estes traduziram aquilo que os militantes pretendem para o PS Guarda, o candidato acrescenta que o projeto com que se apresenta a estas eleições é o melhor para o Partido Socialista do Distrito.

Alexandre Lote e Pedro Fonseca vão disputar a 2ª volta das eleições internas para a Federação do Partido Socialista da Guarda que se realiza a 22 de março. Nesta eleição, ficaram já definidos os delegados ao congresso Distrital, Alexandre Lote elegeu 52 delegados, Pedro Fonseca 47 e José Luís Cabral 39.