Acordo Coletivo de Trabalho vai permitir a harmonização da carreira de enfermagem

Já foi assinado um Acordo Coletivo de Trabalho transitório, que permite harmonização na carreira de enfermagem. O assunto foi abordado na última edição do programa “Conversa em Binómio” pela enfermeira diretora da ULS da Guarda. Nélia Faria explicou que com este ACT, os enfermeiros com contrato individual de trabalho vão ter carreiras similares aos enfermeiros que prestam serviço como funcionários públicos.

Este novo Acordo Coletivo de Trabalho, deverá entrar em vigor a 1 de Julho, a enfermeira Nélia Faria explica que os enfermeiros com contrato individual de trabalho, vão poder aceder a uma progressão da carreira através da avaliação de desempenho e cumprir as tão reivindicadas 35 horas semanais.

Nélia Faria, que desempenha funções de administração na ULS da Guarda, reconhece que esta medida pode criar alguns constrangimentos às instituições, mas enquanto enfermeira mostra-se agrada com o acordo alcançado.